Observação Telescópica da Superlua 14/11/2016, às 19:00 hrs. Detalhes em "Eventos"

Fundação

Dois jovens estudantes do Colégio Maristas, da Congregação Marcelino Champagnat, de São Luís do Maranhão, Paulo Roberto Melo Sousa e Carlos Eduardo Portela Serra de Castro, conheceram-se aos 12 anos de idade, na 6ª série do 1º grau (atual Ensino Fundamental). Ambos eram interessados em ciências. Carlos Eduardo Portela morava com os avós, próximo ao Maristas, numa casa localizada na Avenida Gomes de Castro, nº 178 – Centro, quase em frente ao tradicional Ginásio de Esportes Costa Rodrigues. Paulo Melo Sousa, diariamente, ao final das aulas, ao meio-dia, dirigia-se até à casa de Carlos Eduardo Portela, onde ficavam conversando sobre ciência por uma hora ou mais. Em julho de 1975, aconteceu em Fortaleza / CE, o I Colóquio de Astronomia do Nordeste. Um ano depois, em julho de 1976, Carlos Eduardo Portela, passando as férias com seus pais, que moravam em Fortaleza, assistiu a uma reunião da Sociedade Brasileira dos Amigos da Astronomia - SBAA, o primeiro grupo de Astronomia amadora do Brasil, criado naquela cidade em 1947 pelo astrônomo amador Rubens de Azevedo, dentre outros entusiastas.

Na oportunidade, Carlos Eduardo Portela comprou um opúsculo que continha os textos condensados das palestras que haviam sido proferidas um ano antes durante o referido colóquio. De volta a São Luís, Carlos Eduardo Portela presenteou Paulo Melo Sousa com o livreto. Este, por sua vez, lançou a idéia da criação de uma entidade de estudos sobre Astronomia nos moldes da SBAA, proposição que foi imediatamente apoiada pelo amigo Carlos Eduardo Portela. Os dois entusiastas convidaram outros estudantes do Colégio Maristas, companheiros de escola, que também se interessaram em compor o grupo. Eram eles Antônio Nilo da Costa Neto, Gabriel Bernardes Gomes e Antônio Carlos Ramos Amorim Júnior.

Dessa forma, no dia 16 de dezembro de 1976, às 16 horas, à Rua Rio Branco, nº 65, em São Luís do Maranhão, foi realizada a primeira reunião da Sociedade Astronômica Maranhense de Amadores – SAMA, criada com o objetivo de estudar e divulgar Astronomia e ciências afins. Apesar de vários intelectuais terem se interessado anteriormente por essa ciência, no Maranhão, tais como Gomes de Souza (Souzinha) e Travassos Furtado, a SAMA foi a primeira entidade constituída para o estudo sistemático da Astronomia em todo o Estado. Posteriormente, o estatuto da sociedade foi publicado no Diário Oficial do Estado do Maranhão, de nº 15, ano 12, datado de 11 de agosto de 1988, sendo a entidade registrada no Cartório de Títulos e Documentos de Pessoas Jurídicas “Cantuária de Azevedo” no dia 07 de novembro de 1988. A SAMA foi reconhecida como entidade de Utilidade Pública Municipal através da Lei Municipal de nº 3.008, datada de 15 de dezembro de 1989, e está inscrita na Secretaria da Receita Federal com o ramo de atividade 6141 – Associação Científica.

A atual designação da SAMA é Sociedade de Astronomia do Maranhão. No momento, o grupo é composto por nove membros ativos, que se reúnem mensalmente para discutir Astronomia e articular as atividades a serem desenvolvidas, tais como observações e palestras.